terça-feira, 1 de março de 2016

Ida de Marquinho Viana para PSB deve criar novos blocos na Alba

Como antecipado pelo Bocão News, o deputado estadual Marquinho Viana vai se filiar ao PSB na próxima segunda-feira (7), às 14h, no Plenarinho da Assembleia Legislativa da Bahia, com a presença da senadora Lídice da Mata (PSB). Com o ingresso do ex-verde à sigla socialista poderão ocorrer mudanças em blocos partidários e na presidência das comissões na Casa.

Os blocos PP-PSL-PSB e PDT-PCdoB-PR sofrerão alterações. A nova composição deve ser: PSB-PCdoB e PP-PDT. O PSL seguirá para a terceira maior bancada da Casa e o PR não terá representação.
Com a saída dos deputados estaduais Euclides Fernandes e Paulo Câmera do PDT para o PSL, a sigla pedetista ficará apenas com Roberto Carlos. Para fortalecer os blocos, o PDT sai da composição original para associar com o PP – hoje com cinco parlamentares. O PSB se mantém com o PCdoB fechando em seis deputados estaduais.
Com esta nova configuração, Marquinho Viana vai tentar a liderança do bloco. Em conversa com oBocão News, na noite desta segunda-feira (29), o novo socialista confirmou o desejo pelo comando do grupo. “Conversei com os deputados do PSB sobre este meu desejo. Coloquei meu nome à disposição e vamos decidir”, afirmou.
Viana também está cotado para assumir a presidência da Comissão Especial de Desenvolvimento Regional, que tinha na presidência o deputado Alex da Piatã. Porém com sua saída do PMDB para o PSD, a configurou mudou. Contudo, Viana não confirmou o comando. “É melhor ser líder do bloco que presidente de comissão. Dá para se debater mais com líderes dos outros blocos, negociar votações”, confirmou.
O imbróglio para a presidência da comissão deve render dores de cabeça ao líder governista, Zé Neto (PT). Isso porque cada parlamentar do novo bloco já encabeça comissões ou está impedido de assumir o cargo. Fabíola Mansur (PSB) é presidente do colegiado de Defesa da Mulher; Zó (PCdoB) comanda a Comissão Especial de Assuntos Territoriais e Emancipação; Bobô (PCdoB) preside o colegiado de Desporto, Paradesporto e Lazer. Já Fabrício falcão (PCdoB) é terceiro secretário na Mesa Diretora e Manassés (PSB) é vice-líder da maioria. A vice-liderança do novo bloco exigirá também outro esforço.
O líder do bloco PP-PSL-PSB, deputado Luiz Augusto (PP) disse ao Bocão News que ainda não conversou com os parlamentares do PSB, mas não veria problemas na nova composição. “Não haveria problemas nenhum porque tudo mundo é da base mesmo. Mas nem Fabíola e nem Manassés conversaram comigo ainda”, afirmou. Sobre o pleito de novas comissões, Luiz Augusto também informou que não pretende tensionar, mesmo com as mudanças. “Já estamos contemplados com a presidência da comissão de Educação com Eduardo Salles”, completou.
Fonte: Bocão News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca escreva para os outros, o que você não gostaria de ler