quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Pânico nessa manhã em Maragojipe com arrastões, nem os taxistas da praça foram poupados



Arrastão é uma tática de roubo coletivo urbano presenciada primeiramente na década de 1980 na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. O caso mais famoso de arrastão aconteceu em 18 de outubro de 1992 na praia de Ipanema e teve repercussão internacional. Posteriormente, a tática foi presenciada em outros locais do Brasil. Consiste no roubo coletivo de dinheiro, telefone, relógios, anéis, bolsas e às vezes até mesmo de roupas dos transeuntes por um grupo de pessoas. O grupo pode ou não estar organizado, dependendo da espontaneidade do roubo. "Arrastão", apesar de não ser um termo técnico na área de segurança, é aplicado a diversos casos de roubo em série.

Seria interessante se essa informação servisse apenas de historia, mas quando acontece em nossa cidade, o pânico toma conta da população, que a cada dia se tranca em suas casas vitima de um sistema politico falido que se preocupa apenas com eles mesmo, ontem mesmo mesmo visitando a ALBA Assembleia legislativa da Bahia onde ficam os deputados estaduais, presenciei o todo poderoso Marcelo Nilo presidente da casa, entrando em carro daqueles grandes, e mais dois veículos iguais cheios de policias militares  apaisana fazendo sua segurança.

Enquanto isso Maragojipe viveu um terror hoje pela manhã com uma serie de arrastões, que vitimou  comerciantes, populares e taxistas na praça, por sorte ou pelas graças de Deus não houve tiroteio.

Ninguém nasceu bandido, se tornou por um conjunto de fatores políticos sociais envolvendo sua rua, bairro, cidade, estado e país, hoje temos uma politica de segurança que ataca a as consequências, que nada resolve, apenas tenta controlar, e um arrastão desse mostra isso, os parlamentares eleitos por nós, deveriam criar projetos para atacar as causas, ou seja na base, investindo em quem mais precisa com escolas dignas, cursos profissionalizantes, na musica e cultura da nossa cidade, não esquecendo do esporte, principalmente o náutico que não é explorado, por isso cobre do seu vereador, deputados, senadores, prefeito, governador e presidente, um voto dura apenas alguns segundos,  mas seu efeito leva quatro anos.

Por Enádio Careca

Façam uma reflexão sobre a teoria do Caos:

 Segundo a cultura popular, a teoria apresentada, o bater de asas de uma simples borboleta poderia influenciar o curso natural das coisas e, assim, talvez provocar um tufão do outro lado do mundo.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca escreva para os outros, o que você não gostaria de ler