segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

POLÍTICA E POLITICALHA de (Rui Barbosa) por Paulo Vicente Guerreiro Peixoto

POLÍTICA E POLITICALHA (Rui Barbosa)
Quero postar esse texto escrito pelo grande Rui Barbosa em 1917, a quase 100 anos, que cai uma luva na nossa política tupiniquim de hoje. O li na internet e compartilho justamente para que reflitamos sobre a essência da política.
Afinal, somos políticos desde o nosso primeiro choro enquanto bebê. O que precisamos é acreditar na política e abrir os olhos com os politiqueiros de plantão que só sabem legislar em causa própria. Mas nem tudo está perdido, afinal temos representantes novos, com passado limpo, que já mostrou que não tem medo de lutar contra os poderosos.
"A esperança é a última que morre"
A política afina o espírito humano,educa os povos no conhecimento de si mesmos, desenvolve nos indivíduos a atividade, a coragem, a nobreza, a previsão , a energia, cria, apura, eleva o merecimento.
Não é esse jogo da intriga, da inveja e da incapacidade, a que entre nós deu a alcunha de politicagem. Esta palavra não traduz ainda todo o desprezo do objeto significado. Não há dúvida que rima bem com criadagem e parolagem, afilhadagem e ladroagem. Mas, não tem o mesmo vigor de expressão que seus consoantes.
Quem lhe dará com o batismo adequado? Politiquice? politiquismo? Politicaria? Politicalha?
Neste último, sim, o sufixo pejorativo queima como um ferrete, e desperta ao ouvido uma consonância elucidativa.
Política e politicalha não se confundem, não se parecem, não se relacionam uma com a outra. Antes se negam , se excluem, se repulsam mutuamente.
A política é a arte de gerir o Estado, segundo princípios definidos, regras morais, leis escritas, ou tradições respeitáveis.
A Politicalha é a industria de explorar o benefício de interesses pessoais.
Constitui a politíca uma função , ou um conjunto das funções do organismo nacional: é o exercício normal das forças de uma nação consciente e senhora de si mesma.
A Politicalha, pelo contrário, é o envenenamento crônico dos povos negligentes e viciosos pela contaminação de parasitas inexoráveis.
A POLÍTICA é a higiene dos países moralmente sadios .
A politicalha, a malária dos povos de moralidade estragada.
Rui Barbosa, em 18 de janeiro de 1917.
Pensem e reflitam.
Como já citei diversas vezes, não sou um estudioso da politica, daí não participar intensamente dos calorosos debates nos grupos do Watsap, mas, acompanho todos eles para aprender um pouco.
Todavia, aprendi muito mais nestes últimos tempos, também, depois de ler tudo que se discute aqui e que é postado nas mídias de todo o Brasil, que cabem a vocês meus AMIGOS e IRMÃOS, cabe a cada um de nós, definirmos o que queremos para o Brasil, o que queremos para o seu município, no nosso caso, o que queremos para Maragogipe.
Uma boa noite a todos e que em cada um de nós renasça um Rui Barbosa.
Paulo Vicente Guerreiro Peixoto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca escreva para os outros, o que você não gostaria de ler