sábado, 3 de junho de 2017

Maragojipe: Edmilson Conceição Quirino coordenador do NEPS alerta a população para fazer revista em seus quintais

O coordenador do   (NEPS)  Núcleo de Educação Permanente em Saúde de Maragojipe,  Edmilson Conceição Quirino, vem alertando os maragojipanos sobre um possível surto epidêmico na cidade, e agora ele aponta as causas, segundo o profissional isso se deve a mudança de horário dos Agentes de Combate as Endemias, que com a retirada da jornada  ininterrupta, que inclusive é usada em Salvador, para melhor facilitar a entrada em imoveis fechados durante o horário do almoço, ele também afirma que mudar o que estava dando certo foi uma irracionalidade, e infelizmente o povo é  quem irá pagar as contas, com a decisão da gestão. Onde pode ser visto em sua postagem em sua rede social abaixo:
 Edmílson Conceição Quirino 

Sou técnico em endemias certificado e diplomado pela (DIRES) Diretoria Regional de Saúde e coordenador do  (NEPS)  Núcleo de Educação Permanente em Saúde, Somos nós responsáveis por este brioso papel em educar a nossa população no combate ao famigerado mosquito Aedes aegypti transmissor da dengue, febre amarela urbana, chinkungunya, zika vírus e suas comorbidades a síndrome de guillain barré e a microcefalia.com uma experiência de alguns anos em estudos entomológicos e o problema de alto índices comprovado no (LIRAa) Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti neste ano, é devido a mudança de horário e pela irracionalidade, o povo é sempre quem irá pagar as contas. Estou sempre preconizando para que a saúde endêmica esteja sempre qualificada.
E o mais importante é que todos nós juntos façamos uma revista em nossos quintais para verificar e eliminar possíveis criadouros (focos), um mosquito coloca de 300 a 400 ovos e em 8 dias hidratados (molhados) nascem as larvas.

                                              Edmílson Conceição Quirino 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca escreva para os outros, o que você não gostaria de ler