domingo, 25 de junho de 2017

Pelo 3º ano consecutivo, Rui não vai à Cachoeira em mudança da sede do governo

A data de 25 de junho, na Bahia, é marcada pela troca da sede do governo do Estado. Os despachos, por 24 horas, deixam de ser realizados em Salvador e partem para Cachoeira, no recôncavo baiano.  
A mudança da sede foi aprovada pela lei 10.695, de 2007 e se tornou uma tradição que precede as comemorações da Independência da Bahia desde o primeiro mandato do governador Jaques Wagner (PT).
Nesta edição também serão comemorados os 10 anos da transição
Pelo terceiro ano consecutivo, Rui Costa (PT) não irá a solenidade festiva e histórica. De acordo com fontes palacianas, a prioridade da agenda do governador é percorrer os municípios interioranos que promovem São João, como assim o fez desde o início do fim de semana.
Caberá ao vice-governador João Leão (PP), mais uma vez, representa-lo nos ritos que marcam a passagem da data na cidade, como o hasteamento das bandeiras, a sessão da Câmara local e o acompanhamento do desfilo cívico.
Conforme contam os livros históricos, em junho de 1822, os cachoeiranos assumiram a liderança do movimento que deflagrou a guerra pela Independência da Bahia, após terem reagido às investidas de militares portugueses que tentavam sitiar a vila com o objetivo de sufocar a mobilização popular contra a dominação colonial.
Fonte: Bocão News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca escreva para os outros, o que você não gostaria de ler