quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Maragojipe: Lavagem de São Bartolomeu entrará para a historia como a pior edição

Não se pode cobrir o sol com uma peneira, mas todos sabem como se proteger dos raios ultra violeta do astro rei, só não se protege quem não quer, pegando esse exemplo vamos fazer um resumo da lavagem de São Bartolomeu 2017.


Na entrada da cidade os tapumes da obra do portal, onde não havia nenhuma informação sobre a mudança do transito local confundia quem chegava, e os poucos visitantes se perguntando que obra era aquela, ou seja a prefeitura foi incapaz de colocar uma placa explicando os motivos daquela estrutura na chagada de Maragojipe, ou pelo menos uma sinalização tipo " Obras desculpe os transtornos é para servir você cada vez melhor"  

Depois a brilhante ideia para não dizer o contrario de retirar personagens culturais dos maragojipanos e colocar um carro alegórico com uma pomba gigante, que com certeza não alegrou a maioria, como também uma estrutura de som montada na porta da igreja apenas para anunciar a chegada do cortejo.


A pomba da lavagem

Como também causou descontentamento quem passava no entorno da igreja da matriz e via suas laterais servindo de banheiro publico, os comerciantes com as mãos na cabeça, já pensando no investimento e sem o possível retorno, em anos anteriores hoje no dia da lavagem tinha que repor mercadorias, mas ainda estou com 50% dos meus produtos infonados, declarou um comerciante local que não quis se identificar.


As festas de Agosto ainda não acabaram, mudar é difícil, mas tentar melhor ainda da tempo, porque não queremos uma maragojipe para poucos, mas sim para todos.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca escreva para os outros, o que você não gostaria de ler