quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Prefeitura de Maragojipe envia nota sobre a lavagem


Público curte Lavagem com paz, segurança e muita música

A edição 2017 da Lavagem Popular da Festa de São Bartolomeu, realizada no último domingo (20), foi de muita paz e alegria. A segurança foi garantida por um grande contingente policial (Civil e Militar), além da Guarda Civil Municipal que também esteve de prontidão.

O cortejo da Lavagem saiu da Igreja de Nossa Senhora de Nazaré, no bairro do Caijá, em direção à Matriz para a largada oficial e percorreu as ruas do circuito. Este ano, 50 mulheres do Grupo da Melhor Idade se juntaram às tradicionais baianas. Outra inovação foi o carro alegórico que trouxe uma ave gigante simbolizando o tema “Uma Lavagem de Paz”.
As atrações fizeram o público lotar a praça. Na noite de sábado (19), a banda La Fúria agitou a galera no ritmo do pagode. Já a cantora Thaiz Ramos colocou o povo para arrochar. O encontro de samba de roda abrilhantou a tarde de domingo (20). À noite, Hiago Danadinho comandou a festa.


O quantitativo policial solicitado pelo Governo Municipal para a festa foi atendido pela 27ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) e superou edições anteriores. De acordo com o Comandante da 27ª CIPM, Major Marcos Davi, os registros de ocorrências foram mínimos, considerando a proporção da festividade. Um Posto Médico foi implantado pela Secretaria Municipal de Saúde com uma equipe preparada para prestar os primeiros socorros em casos eventuais, além de contar também com uma ambulância de prontidão no local.

Toda a estrutura foi minimamente pensada para oferecer um maior conforto e segurança para munícipes e turistas. A Gerência de Transporte da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, Transporte e Meio Ambiente, organizou pontos de mototáxi dentro do circuito para viabilizar o trânsito e facilitar a locomoção da população. Além da disponibilização de banheiros químicos em diversos pontos para atender as necessidades de quem saiu para curtir a festa.
Fonte: Ascom Prefeitura de Maragojipe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca escreva para os outros, o que você não gostaria de ler