sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Leão irá a São Paulo, Brasília e Portugal para discutir Ponte Salvador-Itaparica

Leão irá a São Paulo, Brasília e Portugal para discutir Ponte Salvador-Itaparica
Foto: Paulo Victor Nadal/ Bahia Notícias
O vice-governador e secretário de Planejamento do Estado, João Leão, fará uma série de viagens a partir desta quinta-feira (14) para viabilizar o projeto da Ponte Salvador-Itaparica. Nesta quinta, ele irá a São Paulo. “Estou indo a são Paulo hoje para levar para o Instituto de Engenharia, com todas as grandes empresas do Brasil, para oferecer a ponte como uma opção para as empresas que queiram vir participar”, contou, em entrevista ao Bahia Notícias. O objetivo é buscar novos interessados na construção e execução da obra – já há protocolos de intenção assinados com as chinesas CRBC (China Road and Brigde Corporation) e CREC 4. “Nós abrimos há pouco tempo – encerra no dia 29 – para que as empresas venham conhecer o projeto. É uma abertura para que toda empresa que queira conhecer o projeto venha a Salvador e vá lá na Seplan, que nós estamos abertos a essas empresas todas venham conhecer o projeto”, acrescenta. Na próxima semana, será a vez de Brasília – neste caso, a meta é avançar na federalização da obra, de forma a conseguir investimentos da União. “Para nós conseguirmos federalizar isso, os nossos chineses querem garantias. Sem garantias ninguém faz essa obra. Então eles querem que o estado dê garantias, para isso eu preciso do aval da União. Mas para a União dar garantias, essa obra tem que ser federalizada. Para federalizar eu precisava de uma rodovia federal”. Para isso, a BR-242 terá seu traçado modificado e seguirá até Nazaré; e BR-420, que sairá da Ponte do Funil e entrará na Ilha de Itaparica. “Para preservar, nós fizemos uma via expressa no meio da ilha, para que você não tenha o impacto. Porque aqui vai passar carreta, ônibus, caminhão”, explica. A BA-001, que já corta a ilha de ponta a ponta, será duplicada e passará a ser uma avenida. Na viagem que fará na próxima semana, a expectativa é de que o governo federal e estadual assinem um contrato que passará a administração da BR-420 para a Bahia. “Governo da Bahia e o governo federal vão assinar um protocolo, um contrato, transferindo a BR-420 para o governo da Bahia. Fazendo uma obra que é federal e que é estadual. Aí eu posso ter aportes do governo federal. A legislação não permite que o governo federal aplique em rodovias que não sejam federais”, explica. Com esta medida, a Bahiainveste assumirá a concessão da rodovia e dará início a uma Sociedade de Participação Específica (SPE), que permitirá que o projeto seja lançado pelo governo do Estado na Bolsa de Valores. “A proposta nossa é que a empresa parceira entre com 75% do capital a Bahiainveste 20%. E já fechamos com a Caixa Econômica que ela vai ser o banco oficial, de todos os 30 anos; ela vai entrar com 5%”. O acordo está, segundo Leão, “fechado na boca”, mas já foi assinado um protocolo de intenção para garantir a participação da Caixa. A instituição financeira é outro motivo da viagem à Brasília – Leão irá tratar de um empréstimo de R$ 600 milhões junto ao banco. Na semana seguinte, o vice-governador irá a Portugal. “Daqui a 15 dias estou indo a Portugal, que tem também uma empresa, a Lusa Portuguesa, interessada na construção da ponte”. 
Fonte: Bahia Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca escreva para os outros, o que você não gostaria de ler