quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Maragojipe: Edmílson Conceição Quirino Profissional da Saúde chama atenção da prefeita Vera e pede respeito

Revivendo a frase "Quem viver verá" dos antagonísticos, hoje vejo o que antes não queria ver. Agora entendo o porque da falta de apoio quando candidato a vereador, dos atrasos dos santinhos, da falta de convite para fazer parte das comitivas, do desapoio em todos os sentidos e principalmente das falsas promessas. Herdando os princípios éticos do meu falecido pai acostumei a falar sempre a verdade doa a quem doer.

Foram com as palavras acima que Edmilson começou a reivindicar junto a prefeitura os direitos de sua categoria, no passado apoiando a prefeita a reeleição, hoje decepcionado pedi respeita a gestora em relação aos agentes de saúde, primeiro vale salientar a coragem e atitude deste homem, segundo ele como técnico sabe o que reivindica, fiquem a vontade com o texto dele abaixo:


Prefeita, somos Agentes de Endemias educadores e contendores de doenças endêmicas e “queremos respeito”.
Sou Edmílson Conceição Quirino Profissional da Saúde concursado e em fase emergencial para aposentadoria, formei-me em Magistério há 39 anos e juro que gostaria de ter formação em psiquiatria para entender o comportamento de bipolaridade, e outros transtornos dissociativos da identidade do ser humano. Fui simpatizante desta gestão por quatro anos e só no palanque onde estive presente como pré-candidato a vereador figurante, com seguidos e intencionais erros nos santinhos e sem direito á voz, a partir daí que comecei a entender as suas manobras de múltiplas intenções. Após a reeleição ficou confirmado pelo seu tratamento ambíguo para com quem lhes foi prestável por todo o seu mandato. 

Ela ainda pode se da ao luxo do achismo por em “seus quatro anos de mandato” ter feita uma administração de regular para boa, sem querer tirar tais méritos pelo fato dela ter sido seletiva agora com alguns da sua base aliada, onde posso dizer com prazer levado aos meus conhecimentos profissionais ter feito parte de algumas reuniões meritórias onde através do diálogo mudamos o horário ininterrupto para o turnão há quatro anos. Começando o seu segundo mandato em 2017 com outras lideranças do seu sistema perverso, iniciando os trabalhos de forma ininterrupta e só neste mês de outubro torna a trabalhar em forma de turnão por questões financeiras e sendo um decreto municipal extensivo a todas as secretarias, judicialmente não deveríamos estar de fora, fomos excluídos pelo seu excesso de preciosismo e poder, impondo-nos a uma prisão física e psicológica, o que a faz mais uma vez seletiva e parcial, e para tripudiar a nossa categoria prometeu junto às lideranças fazer o reparo após o término da vacina anti-rábica findada em 16 de outubro onde como sempre protelou, prevaricando mais uma vez, demonstrando com esta atitude ser uma apedeuta política, uma pessoa de ações e decisões bipolares, fico a imaginar quantas vezes tive discussões fervorosas com pessoas que a chamavam nas redes sociais de forasteira e hoje ela dá-nos prova em suas ações de ser uma xenofóbica em potencial. 

Prefeita, nós trabalhamos nas ruas sujeitos as intempéries, sujeitos a fogo cruzado entre policiais e facções, como ocorreu á poucos dias á tarde no bairro da comissão culminando com a morte de uma pessoa e poderíamos está entre este fogo cruzado e vitimado por causa desta sua picuinha que está causando estereótipos ruins a nossa saúde e apesar do nosso piso estar sem reajuste há três anos, nós só estamos querendo e pedindo o seu respeito.
Edmílson Conceição Quirino Profissional da Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca escreva para os outros, o que você não gostaria de ler