segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Maragojipe: Dia da Consciência Negra por Dr. Paulo Vicente Guerreiro Peixoto

Hoje, 20 de novembro, é um dia muito importante para nós brasileiros, que combatemos o preconceito e a intolerância racial pois comemoramos o Dia da .
Esta data foi escolhida para homenagear também Zumbi, que era líder do Quilombo dos Palmares. Ele que nasceu em 1655 na Serra da Barriga, Capitania de Pernambuco, Brasil Colonial, hoje pertencente ao município de União dos Palmares, Alagoas e morreu em 20 de novembro de 1695 com 40 anos na
Serra Dois Irmãos, Capitania de Pernambuco, Brasil Colonial.

Muitos não sabem, mas, Zumbi era de nacionalidade Brasileira e tinha como companheira Dandara dos Palmares e foi o último dos líderes do Quilombo dos Palmares, o maior do período colonial.

Zumbi representou e ainda representa muito bem a luta do negro contra a escravidão, lá na época do Brasil Colonial e, hoje, como exemplo de que nunca devemos aceitar qualquer tipo de discriminação ou preconceito. Ele morreu lutando em defesa do seu povo, lutando pela liberdade da comunidade negra.
Eram nos quilombos, pequenas aldeias que eram montadas no meio da mata, que os negros se escondiam depois que fugiam das fazendas onde eram escravizados. Dentre tantos, o mais conhecido foi o do Quilombo dos Palmares pois lá que viveu Zumbi.
Entendo que devemos todos os dias valorizar e pensarmos sobre a importância da cultura e do povo africano em nosso país, pois eles sempre foram e, até hoje são, muito importantes em nossa história, pois ajudaram construir um país tão rico chamado Brasil, que, infelizmente, hoje, mais ainda, sofre com os desmandos e a corrupção.
A cultura negra destaca-se em várias áreas como a música, dança, artes, esportes e também tem uma grande participação na área política e social.
A história, além de Zumbi, nos trás outros negros que marcaram o nosso país, como o escultor Aleijadinho, o escritor Machado de Assis, o poeta Castro Alves, o inventor André Rebouças, a compositora Chiquinha Gonzaga, entre muitos outros, inclusive, nos dias atuais como o ex-Ministro Joaquim Barbosa, Milton Gonçalves, Milton Nascimento, Pelé e outros.
O que pese a escravidão aqui em nosso país ter acabado há muitos anos, deixando livres toda e qualquer pessoa, ela para minha tristeza, impera de forma tão cruel e sanguinária pois, muitos, ainda cultuam em seus corações e mentes o vil conceito da discriminação racial.
"Zumbi rei dos Palmares
grito de dor, liberdade.
Zumbi rei dos Palmares
um lutador, líder de valor." Edson Gomes.

Que o GRANDE ARQUITETO DO UNIVERSO nos ilumine e proteja, afastando-nos de todo e qualquer tipo de PRECONCEITO, INTOLERÂNCIA E RACISMO.
Paulo Vicente Guerreiro Peixoto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca escreva para os outros, o que você não gostaria de ler