domingo, 24 de dezembro de 2017

Maragojipe: Prefeita Vera Lucia sofre a primeira derrota na câmara

Depois da reviravolta entre oposição e situação, a prefeita Vera Lucia sofreu sua primeira derrota na câmara, e segundo o vereador Moises foi a primeira de muitas que virão, quem acompanha a politica maragojipana ficou sem saber ou  entender o que levou a gestora a  se envolver numa disputa sindical, entrando numa rota de colisão com ninguém menos que sua principal defensora câmara Ana Leite, que só criou desgaste e a chapa foi impugnada e nem vai para a disputa, causando o rompimento entre as duas. 
 
Vice prefeito mais 8 Vereadores sendo a oposição e a prefeita mais 5 vereadores na situação

 
Na mesma semana, devido a  algumas  colocações dos vereadores Tinho de São Roque e Renatinho de Coqueiros feitas na tribuna da câmara e que não agradou a prefeita, logo depois, coincidência ou não, o serviço de um  Optometrista que  é um profissional da área da saúde, com formação superior ou técnica, que está habilitado a examinar e avaliar o sentido da visão, através de artefatos ópticos e equipamentos optométricos, alterações visuais de origem não patológica,  que  realizava um atendimento a população de São Roque e estendido a comunidade do vereador Renatinho de Coqueiros, recebeu inusitadamente uma visita da VISA Vigilância Sanitária da prefeitura, onde deu até delegacia e gerou uma nota com o seguinte titulo "Vereador engana população com atendimento médico fraudulento e clandestino em Maragojipe" se referindo a Tinho de São Roque e Renatinho de Coqueiros, causando também o rompimento entre os Edis e a prefeita.
 
Tem um ditado antigo que diz " Quem não sabe rezar Xinga DEUS" com essa postura a prefeita perdeu 3 vereadores para a oposição, que juram de pés juntos, que não retornarão, por se sentirem traídos, com isso a gestora ficou totalmente fragilizada na câmara, e terá dificuldades para aprovar qualquer coisa, foi assim com o projeto polemico envolvendo os músicos da cidade, como também no orçamento público, com direito a nota de esclarecimento e tudo, acusando os vereadores da oposição de aprovar apenas 5% do orçamento para o executivo, o problema da briga entre o mar e o rochedo, e que quem termina se dando de mal são as pobres das ostras, que entenda-se o povo maragojipano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca escreva para os outros, o que você não gostaria de ler