terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Maragojipe: Verba para os velhinhos do asilo estão retidas, e Eliane Rangel tenta destravar

Servidora pública, advogada uma mulher de garra e determinada, esses são apenas alguns trechos de seu extenso currículo, não estamos falando de ninguém menos que Eliane Rangel, que sustenta uma causa nobre onde abriga os idosos maragojipanos que é o asilo, há muito tempo Eliane vem travando uma luta para manutenção do espaço que fica na Enseada, na defesa do bem estar do velhinhos essa mulher vai longe, inclusive na capital no Fundo Estadual da Assistência Social para tentar destravar as verbas que estão retidas, e a mesma faz um apelo aos conselheiros do CMAS – Conselho Municipal de Assistência Social para ajudar nesse assunto, porque com o dinheiro preso só quem perde são os idosos, vejam abaixo sua declaração:
 
 

Hoje estivemos no FEAS – Fundo Estadual da Assistência Social a fim de desentravar, de uma vez por todas, a verba que o Governo do Estado da Bahia manda para o nosso Abrigo através da Prefeitura Municipal de Maragogipe e que permanece retida pela recusa em assinar novo TAC – Termo de Ajustamento de Conduta no Ministério Público.
 
 
Porém, como já informamos no último dia 15 de janeiro tomou posse a nova diretoria e finalmente legalizado ficamos aptos a receber diretamente a verba, que já soma uma quantia que certamente ajudará muito na manutenção do Abrigo. Esse valor pertence aos nossos idosos e esperamos que os Senhores membros do CMAS – Conselho Municipal de Assistência Social, assim como mandaram suspender os repasses em forma de insumos, recomendem a celebração do convênio, por ser de direito deles.
 
 
E assim, finalmente nossos abrigados venham a desfrutar daquilo que lhe é direcionado como forma de subsídio estadual. A alegação de que o FEAS mandou devolver os recursos não procede e nós não vamos aceitar retaliação política aos nossos idosos. Com a palavra os senhores conselheiros municipais. #estamosdeolho #vamosacompanhar
 
Eliane Rangel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca escreva para os outros, o que você não gostaria de ler