segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Viabahia aumenta pedágio sem cumprir contrato

 
Viabahia está entre as concessionárias de rodovias federais que aumentaram as tarifas de pedágio sem ao menos cumprir o contrato. De acordo com o jornal Estadão, muitas estão com obras atrasadas, como a duplicação das estradas. A acusação é do Tribunal de Contas da União (TCU), que fez um levantamento detalhado das obras realizadas pelas concessionárias e confrontou as informações com os reajustes autorizados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). A Viabahia administra as BRs 324 e 116.
De acordo com a publicação, a Viabahia ainda não cumpriu 100% da execução das obras. Contudo, das concessionárias avaliadas, apenas a baiana não aumentou a tarifa acima da inflação. “Os contratos permitem esses aumentos abusivos e a situação fica ainda mais difícil porque a ANTT não tem condições de fiscalizar tudo”, diz Carlos Campos, coordenador de infraestrutura do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)”.  
Segundo o TCU, há casos em que o aumento do pedágio supera a inflação em mais de 70%. Ao mesmo tempo, essas concessionárias deixaram de executar entre 70% e 100% das obras previstas entre 2009 e 2014. 
Conforme o Estadão, a Viabahia aumentou a tarifa em 160,8% desde o início da concessão até o fim de 2017. A inflação neste período foi de 189,2%.  A concessão da Viabahia foi realizada no governo Lula, quando houve maior número de permissões de rodovias.
O BNews tentou contato com a assessoria de comunicação da concessionária baiana, mas as ligações não foram atendidas.
Fonte; Bocão News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca escreva para os outros, o que você não gostaria de ler