sábado, 10 de março de 2018

Maragojipe: O céu está em festa, um dos maiores líderes da religião de Matriz Africana se vivo estivesse, hoje completaria 71 anos. Pai Edinho



Se vivo estivesse Pai Edinho completaria neste nosso mundo 71 anos. Hoje, como todo dia 10 de março é dia de júbilo, dia de celebrar a vida daquele que permanece vivo nos corações e nas vidas dos verdadeiros filhos do Àlábásé, daqueles que honram as raízes e história do seu asé, raízes e histórias que nos honram, engrandecem e orgulham porque foi e é real. Uma história contada como ela foi e segue sendo, sem devaneios. Eis a memória viva de Pai Edinho de Oxossi conservador dos segredos dos orixás tal e como lhe foi legado por nossos ancestrais Miguel Archanjo, Rufino e Pai Licio. 

Hoje é dia de refletir e celebrar sobre a vida, a energia e magia de um menino pacato de uma pacata cidade do recôncavo baiano que revolucionou, com sua energia e magia, todo um povo e todo um Egbé. Salve Pai Edinho, salve o grande dia, salve o 10 de março. Como diz um velho ditado pobre daquele que não reverencia e preserva a sua memória e à sua história. 

É o que fazemos hoje, reverenciamos e celebramos a nossa história, a nossa tradição, a nossa memória que se confunde com a história do nosso fundador, do nosso pai, amigo e companheiro de todas as horas, Pai Edinho de Oxossi. Saudades e gratidão eternas. Obrigado meu Pai, obrigado por tudo! 

Babá Robinho de Otyn



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca escreva para os outros, o que você não gostaria de ler