quinta-feira, 5 de abril de 2018

Maragojipe: Prefeita Vera interdita, comércio já fechado! Por Renato Uau

Renato Uau


Estamos vindo a público para denunciar, mais um ato de perseguição da prefeita Vera da Saúde. Desta vez a vítima foi nosso combativo companheiro Dennis, que sem se intimidar tem tido corajosa postura em denunciar os mal feitos desta gestão.

A sensação que nós maragojipanos temos é que a prefeita, bem como sua equipe, abandonou de vez o barco da gestão para se dedicar exclusivamente a esconder tudo que vinham fazendo de errado nos últimos anos. E nessa tentativa desesperada de salvar sua pele, a prefeita tem direcionado todo seu tempo para perseguir e tramar contra quem a denúncia.
Pois bem, nessa semana chegamos ao cúmulo do absurdo. Não bastasse a prefeita promover e acirrar uma das piores crises financeiras que nosso município já viveu, desde que adotou uma política de aquisição de produtos e serviços em outros municípios, principalmente os que prestaram favor nas eleições, em detrimento do comércio local, fazendo com que muitos comércios fechassem as portas, prefeita fechou pela segunda vez o comércio do companheiro Dennis.

Isso mesmo, fechou uma vez devido sua incompetência em administrar uma cidade, sufocando o pequeno comerciante local e mesmo com as portas fechadas, a gestão deslocou a vigilância sanitária de Santo Antônio de Jesus para lacrar um comércio já fechado! O nome disso é abuso de poder, e com o propósito de intimidar nosso companheiro.
Quanto ao companheiro Dennis, deixamos registrado que você não está sozinho, lutaremos juntos até o fim para que tenhamos o direito de nos manifestar livremente como nos garante a constituição.
Levaremos mais esse caso aos órgãos competentes, assim como os demais, e esperamos que o Ministério Público de Maragojipe se manifeste a respeito do assunto. Não podemos continuar reféns desse grupo, precisamos que o MP local atue de forma independente e investigue incisivamente mais este caso.
Renato Uau

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca escreva para os outros, o que você não gostaria de ler